Mais de 10 milhões de abelhas morreram em um apiário na zona rural de Porto Ferreira (SP) em menos de uma semana. Segundo o proprietário, todo o trabalho de quase quatro décadas foi perdido nas 136 colmeias por conta de agrotóxicos de cana-de-açúcar.

Nem mesmo as abelhas rainhas resistiram e o chão do local está com milhares de insetos mortos. Os que restaram voam desorientadas.

Os nove apiários do apicultor Wanderley Fardin ficam dentro de um canavial. Segundo ele, o que provocou a morte das abelhas foi o agrotóxico despejado por um avião, que passou várias vezes nesta semana para matar os insetos que afetam a plantação de cana. Ele chegou a filmar a aeronave despejando o produto.

Prejuízos com as mortes
Ele estima um prejuízo de mais R$ 200 mil. “E está morrendo até agora, não parou de morrer. Isso aconteceu logo depois que a pulverização do avião passou”, disse Fardin.

Cerca de mil quilos de mel eram produzidos por ano. Agora ele não sabe o que fazer para recuperar a produção. “Cada colmeia dessa chega a render 50 quilos de mel por tirada. E agora?” questionou.

Veja a matéria completa e Assista a reportagem no G1

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, escreva seu comentário!
Digite seu nome aqui