Dominic Ebenbichler/Reuters
Dominic Ebenbichler/Reuters

A Confederação Brasileira de Vôlei (CBV) confirmou nesta quarta-feira a saída do técnico Bernadinho do comando da seleção masculina. Depois de dezesseis anos chega ao fim uma das histórias mais vitoriosas do esporte brasileiro. Renan Dal Zotto assumirá a vaga, o técnico também é ex-jogador da seleção de 1994, vice-campeã olímpica em 1984.

Bernadinho deixa a seleção após conquistar quatro medalhas olímpicas como técnico. Duas de ouro, a primeira em 2004 e a segunda em 2016 no Brasil, e duas de prata, uma em 2008 e outra em 2012. Ele já vinham comentando sobre a sua possível saída logo depois das olimpíadas do Rio. O treinador que também comanda a equipe feminina do Rio de Janeiro chegou a declarar que atingiu todas as metas de sua carreira à frente da seleção.

Renan era diretor de seleções da CBV e assume o desafio de substituir o maior treinador da história do vôlei brasileiro. Seu maior desafio será manter o nível da seleção que há 13 anos ocupa o topo do ranking mundial.

Títulos mais importantes de Bernadinho

Como jogador: vice-campeão olímpico em Los Angeles-1984.

Como técnico: Dois bronzes olímpicos pela seleção feminina a dois bronzes olímpicos, em Atlanta-1996 e Sydney-2000. Na seleção masculina Bernardinho conquistou quatro medalhas olímpicas, três Copas do Mundo (2002, 2006 e 2010), além de oito Ligas Mundiais (2001, 2003, 2004, 2005, 2006, 2007, 2009 e 2010).

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, escreva seu comentário!
Digite seu nome aqui