Trinta e quatro jovens que serão contratados pela Universidade do Estado da Bahia (UNEB) participaram do Seminário de Acolhimento realizado pela Fundação Luís Eduardo Magalhães (FLEM) nesta quarta-feira (11). Os serão contratados por meio do Programa. UNEB e a FLEM, assinaram termo de compromisso para a execução do Programa.

O reitor da Universidade do Estado da Bahia, José Bites, destacou que o Primeiro Emprego é um programa de Estado importante tanto para a inserção dos jovens, egressos da Rede Estadual de Educação Profissional, como para aprimorar a qualidade do ensino na rede estadual, uma vez que permite uma avaliação prática do conteúdo ensinado em sala de aula.

Jones Carvalho, superintendente-geral da Fundação Luís Eduardo Magalhães (FLEM), executora do programa pontuou que além de ampliar a capacidade de inserção dos jovens no mercado de trabalho, “o Programa irá contribuir para reduzir a vulnerabilidade socioeconômica, aprimorar os conhecimentos dos jovens e, consequentemente, melhorar a qualidade do funcionamento dos serviços públicos”, disse.

Os jovens egressos da Rede Estadual de Educação Profissional atuarão nos polos da UNEB nos municípios de Brumado, Caetité, Conceição do Coité, Euclides da Cunha, Jacobina, Juazeiro, Guanambi, Irecê, Itaberaba, Paulo Afonso, Salvador, Senhor do Bonfim, Serrinha, Seabra e Santo Antônio de Jesus.

O evento, que foi realizado no Museu de Ciência e Tecnologia da UNEB, em Salvador, ocorreu de forma simultânea, por meio da videoconferência, com os respectivos polos da Universidade, onde os jovens irão trabalhar. A coordenadora do Programa Primeiro na FLEM, Ana Gleise apresentou os aspectos gerias do Programa e a subgerente de carreiras da UNEB, Silvana Caffe, apresentou o organograma e as atividades desenvolvidas pela UNEB.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, escreva seu comentário!
Digite seu nome aqui