Redação 96FM

A doença misteriosa que causa fortes dores e deixa a urina escura fez a segunda vítima fatal na Bahia. Um homem que não teve a identidade revelada morreu no último sábado (07) em Salvador. A Secretaria de Estado de Saúde (Sesab) divulgou a informação nesta quarta-feira (11). A primeira morte também foi de um homem, no dia 31 de dezembro, no município de Vera Cruz na Região Metropolitana de Salvador.

A Sesab investiga se as duas mortes foram realmente causadas pela doença que ainda não foi explicada. No período de 14 de dezembro a 5 de janeiro, 52 casos suspeitos foram identificados, um Lauro de Freitas, um em Vera Cruz onde a vítima da doença veio a óbito, e 50 casos em Salvador.

Uma das hipóteses dos casos da doença está relacionada ao consumo de peixes contaminados, no entanto não há confirmação cientifica. Amostras de pacientes foram analisadas pelo laboratório de virologia da Universidade Federal da Bahia (UFBA) que encontraram vestígios do enterovírus e do parechovírus. Amostras de 44 pacientes foram encaminhadas para laboratórios do Rio de Janeiro e de São Paulo e amostras de peixes foram encaminhadas para análise de contaminação nos Estados Unidos.

O superintendente de vigilância à saúde da Sesab disse estar angustiado por ainda não se saber sobre as causas da doença. Ele disse que além da contaminação microbiológica, a doença pode ter origem em contaminação por metais pesados e por toxinas. .

Segundo a Secretaria de Saúde de Salvador, exames feitos na água que abastece a capital descartaram contaminação. “A higiene pessoal, o cuidado com os alimentos e a busca por uma unidade de saúde nos primeiros sintomas é a recomendação que nós fazemos para a população neste momento”, disse a coordenadora da vigilância epidemiológica de Salvador, Isabel Guimarães.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, escreva seu comentário!
Digite seu nome aqui