Uma nova realidade de acesso multinível e mais amplo a documentos históricos guardados pelo Arquivo Público do Estado da Bahia (APEB/FPC) já começou. Pesquisadores de qualquer parte do mundo já podem ter acesso ao Guia de Fundos do Arquivo e às descrições dos documentos que compõem a Coleção Independência do Brasil na Bahia, em todos os níveis. Tudo devido à recente implantação da ferramenta ICA AtoM, que gerencia estes documentos na plataforma online.

Saiba tudo sobre a ferramenta aqui. 

O Guia de Fundos do Arquivo Público é um instrumento de pesquisa que fornece informações sobre a totalidade do acervo custodiado. Por sua abrangência, garante ao arquivista e ao pesquisador o conhecimento global do acervo e de suas possibilidades de pesquisa.

É a “porta de entrada” para os documentos. Inicialmente, o pesquisador que acessar o ICA AtoM terá acesso à coleção de imagens e documentos manuscritos e impressos da Independência do Brasil na Bahia. São os mesmos documentos disponíveis fisicamente na sede do Arquivo, em Salvador.

Como funciona?

O ICA AtoM funciona assim: o usuário digita o documento que busca na barra de pesquisa localizada na parte superior da página. Ele também poderá consultar a descrição dos documentos de acordo com a organização destes descrita no lado esquerdo da tela. Como o conteúdo disponibilizado, ate então, são imagens, o pesquisador poderá “Salvar” os arquivos em seu computador, celular ou tablet (opção “Salvar Como”).

Por hora, apenas os documentos que compõem a Coleção Independência do Brasil na Bahia estão disponíveis, mas em breve outras Coleções serão inseridas, gradativamente. Enquanto isso, os pesquisadores continuam tendo acesso aos demais instrumentos na Sala de Consulta de Documentos Manuscritos e Impressos na sede do Arquivo. Basta apresentar o código de referência do documento. Ex.: BR BAAPEB CIBB COR 026 12.

Exemplo de documento disponível no ICA AtoM: Ata de instalação do Conselho Interino do Governo da Província da Bahia, em 06 de setembro de 1822, na Vila de Cachoeira. Este documento integra a série- Atos Normativos, Dossier 018, Item 01 e registra a escolha do Presidente, do Secretário e as adesões dos representantes das demais Vilas. Este Conselho Interino exerceu enérgica e constante ação política, militar e administrativa para expulsar o Exército português da Cidade do Salvador. Aproximadamente um ano depois, se concretizou, em 2 de julho de 1823,  a Independência do Brasil na Bahia.

“Este investimento contribui, também, para qualificar a preservação da documentação original, isto porque evita o manuseio sistemático dos documentos para fins de pesquisas. A preservação da documentação assegura a integridade, a autenticidade e a acessibilidade dos suportes documentais e da informação registrada, em longo prazo”, diz a diretora do APEB, Teresa Matos.

Descrição arquivística – Com a finalidade de facilitar a localização dos documentos e a recuperação da informação, o ICA AtoM disponibiliza a descrição arquivística, que atribui aos documentos um conjunto de elementos. “É uma representação do documento original. Isto é, não apresenta o conteúdo integral propriamente dito, mas sim informações que possam representar e contextualizar o documento”, descreve a diretora Teresa Matos.

 “Ainda que os países criem leis buscando disciplinar o acesso dos cidadãos à informação governamental, deve-se observar que a liberdade de acesso só pode ser efetivamente exercida se os cidadãos tiverem condições de conhecer a existência dos documentos e de identificá-los com exatidão” – Teresa Matos.

Consulte AGORA o ICA AtoM.

Saiba dos horários de funcionamento e serviços do Arquivo Público do Estado.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, escreva seu comentário!
Digite seu nome aqui