A doença misteriosa que causa fortes dores e deixa a urina do infectado preta teve seus primeiros casos registrados no Ceará. A Secretaria da Saúde do Estado do Ceará informou nesta quinta-feira (12) que suspeita de três casos da doença.

Em nota técnica divulgada pela secretaria, foi informado que foram coletadas amostras dos pacientes para novas análises.Os sintomas registrados no Ceará foram mais frequentes do que os casos observados na Bahia desde 14 de dezembro, 52 dois casos foram notificados em Salvador e Região Metropolitana, dois homens morreram após apresentarem os sintomas da doença.

Os sintomas mais frequentes apresentados pelos pacientes são dores musculares principalmente na região cervical, membros inferiores e superiores, urina com uma cor diferente e alteração nas funções dos rins. Ainda não é possível estabelecer a relação entre os casos registrados na Bahia com os casos registrados no Ceará.

Foi levantada a hipótese de que o consumo de peixes possa ter provocado a doença, no entanto a contaminação pode estar associada ao contato com água contaminada com esgoto. Não foi detectava infecção bacteriana nas amostas. Estudos realizado na UFBA apontam para a presença de vestígios do parechovírus, que já causou surtos em outros lugares do mundo.

Assista a reportagem exibido no Jornal Nacional desta quinta-feira (12)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, escreva seu comentário!
Digite seu nome aqui