Redação 96FM

Três candidatos concorrem à presidência da Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA). Tentando quebrar a hegemonia de Marcelo Nilo (PSL), Luiz Augusto (PP) e Ângelo Coronel (PSD) colocaram seus nomes à disposição dos colegas. Nilo já está na presidência da casa há 5 mandatos, ele sentou na cadeira da presidência em 2007 e não levantou nunca mais.

Luiz Augusto e Ângelo Coronel fizeram um acordo para a disputa que acontece no dia 02 de fevereiro, em breve eles definirão qual dos dois se candidatará contra Marcelo Nilo. O acordo entre os dois prevê o rodízio na presidência da casa nos próximos mandatos. A dupla tem o apoio externo do senador Otto Alencar (PSD) e do vice-governador João Leão (PP).

O deputado guanambiense deu declarações nesta sexta-feira onde afirmou que eles juntos têm 39 votos, podendo chegar aos 45. “Marcelo Nilo está blefando. Ele não tem 30 votos. Eu e o deputado Angelo Coronel temos, juntos, 39 votos garantidos, que nos foram dados de forma livre e democrática. E temos perspectiva de conquistar um total de 45 votos”, declarou Luiz Augusto.

Os dois deputados apostam no discurso da importância da renovação para convencerem os colegas. “Só ele tem capacidade para presidir a Assembleia Legislativa? Isso é um desrespeito com os demais parlamentares e com os eleitores. A alternância de poder é saudável e fundamental para a democracia”, enfatizou.

Já Marcelo Nilo acredita que terá no mínimo 32 votos, o suficiente para ser reconduzido ao cargo. Ele declarou que seus oponentes só terão os votos de seus respectivos partidos.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, escreva seu comentário!
Digite seu nome aqui