Foto: (Geanini Hackbardt)

Redação 96FM

Cerca de 150 famílias ocupam a Fazenda Norte América no município de Capitão Enéas, na região Norte de Minas. O grupo pretende permanecer no local por tempo indeterminado. A ocupação que aconteceu na tarde desta segunda-feira (16) segue pacífica e é acompanhada por um destacamento da Policia Militar da cidade.

Segundo os integrantes do MST, a fazenda pertence a Associação Educativa do Brasil (Soebras). “”A área é improdutiva, e há indícios de que era utilizada pelo ex-prefeito de Montes Claros (MG), Ruy Muniz, e seus sócios, para lavagem de dinheiro. A Soebras é uma das várias entidades filantrópicas utilizadas por Ruy Muniz para desviar recursos federais e da prefeitura de Montes Claros”, diz a nota do movimento

Eles alegam ainda que as terras foram adquiridas pela Soebras em um leilão, devido a uma dívida da fazenda com um banco federal e que a Associação não quitou a compra e que apenas parte das terras é utilizada para a criação de cavalos de raça. No local funciona uma clínica veterinária.

A Associação divulgou nota onde nega que a área pertença ao grupo educacional e informou que possui convênio com a fazenda para realização de aulas práticas de Veterinária e Zootecnia, além de dizer que a área de cerca de 3 mil hectares é produtiva e possui dezenas de funcionários. “A Associação Educativa do Brasil lamenta a invasão pelo MST, uma vez que a propriedade rural é produtiva com pastagens conservadas, gado, cavalos, pivot central operante e dezenas de funcionários. A Soebras espera que a Justiça e as forças de segurança garantam a ordem, a propriedade e o estado de direito, retirando imediatamente os invasores da fazenda”, diz.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, escreva seu comentário!
Digite seu nome aqui