Redação 96FM

Três policiais militares foram mortos em Salvador nos primeiros dias de 2017. O último crime aconteceu na noite desta terça-feira (17). Aldo Carvalho Santos morreu  após ser baleado durante uma tentativa de assalto à Farmácia Drogasil, na Pituba.

Cinco homens entraram na farmácia e anunciaram o assalto, o policial reagiu e foi baleado. O sargento Aldo chegou a ser socorrido para o Hospital da Bahia, passou por cirurgia mas não resistiu e veio a óbito. A polícia investiga câmeras de segurança e interroga testemunhas para encontrar pistas que levem aos assaltantes.

No último sábado (14) um policial militar também foi morto ao reagir a um assalto. Dois indivíduos anunciaram o assalto a um coletivo na Av. Paralela, o PM que estava no ônibus reagiu, foi baleado no braço e entrou em luta corporal com um dos assaltantes, o outro assaltante atirou na vítima. O soldado Jailson Cezar do Santos Mendes de 43 anos, chegou a ser socorrido no próprio coletivo para o Hospital Roberto Santos no mas não resistiu e morreu.

Soldado morreu após reagir a assalto em coletivo

Um adolescente de 13 anos foi morto a tiros na noite desta segunda-feira (16) durante um confronto com a Polícia Militar no bairro do Uruguai, em Salvador. Ele é suspeito de ser o autor do disparo que matou Jailson, junto ao seu corpo a polícia encontrou um revólver calibre 38 com cinco munições deflagradas.

Policial trabalhava de segurança em Lauro de Freitas quando foi morto

No domingo (15), o policial militar Urivelton de Jesus Santana, 31 anos foi morto a tiros em Lauro de Freitas, na Região Metropolitana de Salvador. Ele estava de folga e trabalhava como segurança em um evento quando foi atacado por pelo menos cinco homens a bordo de Chevrolet Prisma de cor branca. O PM Carlos Ademir Oliveira Lima, de 45 anos, também foi atingido mas sobreviveu ao atentado.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, escreva seu comentário!
Digite seu nome aqui