Redação 96FM

Um suspeito de participação nos ataques ocorridos no último domingo (22) em Bom Jesus da Lapa, morreu no fim da manhã desta quarta-feira (25) em confronto com policiais das Companhias Independentes de Policiamento Especializado do Litoral Norte e da região Cacaueira (CIPE) e da 30ª Companhia Independente de Polícia Militar (30ª CIPM). Marisley Santos da Silva de 26 anos teria resistido à prisão e trocado tiros com a PM, ele morreu no Hospital de Cocos, Oeste Baiano, após ser atingido no confronto.

Policiais receberam a denuncia de uma movimentação intensa em um imóvel alugado na cidade, ao chegarem ao local não encontraram ninguém. A policia então entrou em contato com o proprietário da residência que indicou que Marisley seria o inquilino. Eles foram até a casa da mãe do indivíduo no Bairro Parque Palmeiras, ao se aproximarem, Marisley se evadiu do local ao avistar as viaturas. Foi iniciado um cerco no quarterão a fim de evitar a fuga, o suspeito foi encontrado em terreno baldio, ele teria atirado contra os policias ao ser encurralado. A polícia então revidou e acabou acertando Marisley que chegou a ser socorrido pelo Samu, mas morreu no Hospital de Cocos.

Este é o terceiro suspeito morto depois da ação que tirou a vida de dois policiais militares e deixou um terceiro ferido. Mais de 350 policiais participam da força-tarefa para capturar o bando. Um indivíduo morreu após o ataque em confronto com o Bope. Nesta terça-feira um indivíduo foi encontrado morto em Juazeiro no Norte do Estado, a policia também trabalha com a hipótese de que ele integrava o bando. Os policiais mortos foram sepultados em Bom Jesus da Lapa nesta terça-feira (24), o policial ferido foi transferido para o Hospital de Base em Salvador.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, escreva seu comentário!
Digite seu nome aqui