Redação 96FM

Procuradoria dos Estados Unidos (EUA) divulgou nesta terça-feira (23), a imagem do colchão encontrado  no apartamento do brumadense Cleber Rene Rizerio Rocha, executivo da TelexFree de 28 anos, preso em Westborough, cidade próxima a Boston, no dia 04 de janeiro.

O colchão escondia a quantia de US$ 20 milhões, aproximadamente R$64 milhos. Para a polícia, o dinheiro tem origem no esquema de pirâmide da TelexFree, que teria causado um prejuízo de cerca de US$ 1 bilhão às pessoas que aderiram aos produtos da empresa. O esquema funcionou do início de 2012 até março de 2014.

Cleber Rocha foi preso e acusado de conspiração para cometer lavagem de dinheiro. O brumadense pode ser condenado a 20 anos de prisão. 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, escreva seu comentário!
Digite seu nome aqui