Um homem é suspeito de ter colocado fogo no guichê de atendimento do Hospital Bruno Born, no município de Lajeado, no Rio Grande do Sul, na noite de domingo (1º). Imagens das câmeras de segurança mostram o momento em que o homem joga combustível em uma mesa e acende um fósforo. O fogo se espalha em questão de segundos e uma explosão é ouvida no local. Segundo testemunhas, o homem teria ido à unidade com a mulher e o filho. Após passar pela triagem, ficou determinado que a criança não apresentava sintomas que caracterizassem emergência e a família esperou cerca de duas horas pelo atendimento. Um tempo depois, os três decidiram deixar o local sem atendimento e, por volta de uma hora depois, o homem voltou ao hospital usando um capacete. Segurando um facão, ele teria mandado que as pessoas saíssem do lugar, pois ele colocaria fogo no guichê. O incêndio foi controlado, mas alguns funcionários e pacientes precisaram ficar em observação médica por terem inalado a fumaça. O suspeito tem passagens pela polícia, uma delas por homicídio.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, escreva seu comentário!
Digite seu nome aqui